sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Banho de arruda para os males

Ontem foi um dia que eu senti um "distúrbio na Força"... não tive dúvida... banho de arruda.

Não quer dizer que eu estivesse sob qualquer ataque, influência, questão, senão ou afins. Mas, como diz minha avó, o seguro morreu de velho. Então, fui e tomei meu banho.

Aliás, queria fazer uma rápida dividida de conhecimento ou de aprendizagens por aqui...

Nesse inverno, aprendi algumas coisas sobre ervas. Não tanto quanto se deveria saber, mas o suficiente para me deixar feliz e pronta para lidar com algumas coisas. Assim, anotei:

Hortelã, que rola na minha família há anos, me serve para curar... sarar mesmo... Aconchegar quem precisa de colo e de ajuda...

Arruda, para limpar... tudo!

Erva-doce para proteger...

Juntando tudo, temos até um pequeno tratamento. Vale a pena de vez em quando!

4 comentários:

.Izzie disse...

em casa também usamos hortelã para curar diversos tipos de coisas, há anos e anos! =)

Green Womyn disse...

Minha filha, manda um banhinho desses pra cá porque hoje a urucubaca foi FORTE: duas decepções em termos de amizade, de uma vez só, por pessoas totalmente desconhecidas. Eu mereço um banhinho de arruda. Vou tomar amanhã cedo!

Dinha disse...

Interessante, porque eu mesma não conhecia o banho de arruda, mas deve ser ótimo logo que é uma erva ligada a Ares.
Eu gosto de fazer banho de Guiné, às vezes, não tem muito a ver com a nossa crença, mas eu acho perfeito e me dá vitalidade também. Experimente qualquer dia... (Vou experimentar a arruda)

Beijos

Fernando disse...

Pois, é, Pi........ mês passado senti a msm coisa, uma sensação estranha na "força" e não tive dúvidas: arruda! Tanto em banho quanto pendurei um galho na porta do meu quarto. Foi "batata". E depois, banho de verbena para proteção tbm. Como isso tbm afetou minha estima, trato de fazer banhos a base de vetiver, patchouly, canela e pixurim. E nada como um bom vinho e música para espantar a "uruca".