quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Limpeza final

Fim de ano... quase de saída para passear um pouco... E ainda assim, uma meia dúzia de coisa rolando.
Então decidi: fiz mais uma limpeza com velas e fogo em casa...
Limpando e protegendo.
Merecemos paz.
E uma boa entrada de ano!
Espero que todos fiquem bem e que o ano de 2011 tenham paz e alegrias em suas casas. E que todos estejam guardados e protegidos.

Imagem: http://paolcia.deviantart.com/

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Bruxaria de cozinha

Não sou especialista em cozinha. Mas quando vi essa blogagem coletiva eu tinha que falar a respeito aqui no Stregueria Prática.

Minha cozinha é uma cozinha bem bruxa. É nela que está o altar para os Lare, para os ancestrais e para os espíritos da casa.

É ali que aplacamos o humor quando alguém do Belo Povo decide que nossa casa é um parque de diversões, ou por algum motivo chega indignado azedando nosso leite, é ali que acendemos velas e incenso quando dos aniversários e das mortes. É ali que ficam nossas alianças.

Ao lado do meu fogão, há uma oração para Héstia. Para lembrar que a cozinha é o coração da casa, mesmo quando ela é, como a minha, um corredor de meio metro de largura.

Quando corro o pano sobre o balcão para deixar brilhante o granito, penso em como é urgente um forno para cumprir com a natureza dessa pedra que pede que sovemos a massa sobre ela.

Em cima do forno de microondas, temos pacotes e pacotes de chá de todos os tipos. Assim, são remediadas cólicas, ressacas, dores de estômago, tudo o que nosso povo precisar. Embaixo do balcão de pedra e tijolos, secamos ervas. Poejo, hortelã, ervas de tempero e remédio, e também guiné e arruda para banhos e defumações. 

Atrás da geladeira, temos uma penca de pimentas. Agora, no começo do ano, vou queimar na fogueira as pimentas velhas e colocar um novo fio vermelho atravessado de malaguetas frescas, que durante o ano vão secando e eu vou usando quando é preciso uma defesa.

Sobre a pedra fria do balcão, preparo pequenos feitiços e bebo com meus amigos. Mais que tudo, preparo sangria, fazendo a magia de transformar mel, vinho e laranjas em risadas. Faço magia e enredo encantos enquanto misturo limão e mel, e diluo lento no vinho.

Sobre a geladeira, um gremlim faz as vezes de pinguim de geladeira, e um dragão azul a seu lado guarda a cozinha com seus olhos brilhantes e suas asas abertas.

Ao lado da despensa, descansa a forma serpentina da imagem do Agatho Daemon. E observam nossas vidas Coiote, Lobo e Beija Flor, relembrando que esta cozinha não é minha, é nossa.

Fervo água para por na bolsa de água quente para o gato doente, queimo sal na boca do fogão quando meu filho tem febre. Quando cai um garfo no chão, repito "Vai vir um homem, que venha para o bem, se for para o mal, que fique onde está." (e o mesmo para uma mulher quando cai uma colher). Guardo anil junto com a resina de incenso e preparo sopa para os amigos na madrugada.

Rezo a panela de pipoca para que ela estoure mais. Repetimos o nome de três fofoqueiros, batendo os dedos na tampa da panela. O saci se distrai ouvindo as fofocas e não tem tempo de fazer com que o milho vire piruá.

E é assim que as pessoas vão se ajeitando em volta, ficando por aqui, e como em noites de chuva e madrugadas tristes, eles sabem que ao pé dessa cozinha, todos encontrarão abrigo, e como em noite de riso e dias de sol, eles sabem que encontrarão paz e risadas.

Uma cozinha bruxa. Que se constrói ainda, que ainda é inexperiente e bagunçada, e que um dia ainda será muito melhor.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal, Strega Nona!


De um livro do autor norte-americano Tomie de Paola, Merry Christmas Strega Nona é um livro doce para crianças e adultos que, acima de tudo, acreditam em magia e em tradições de muito tempo.

Hoje, eu vou me sentar com a minha família para comer um lanche... Não fazemos grandes coisas, mas nos reunimos como em aniversários, por exemplo. Esse ano aliás, nos reunimos mais do que o normal... aniversário meu e da minha irmã; o velório da minha avó; festa junina na casa da minha sogra; as minhas bodas... e agora, o Natal dos meus pais e o solstício de Verão, meu e do Marcos.

Festas são assim... alguns têm uns motivos, outros, outros motivos... mas o que vale é estarmos juntos. E bem. Não adianta nada juntar as pessoas para resmungar, reclamar e brigar. Assim, sendo... tudo que temos é dar uma relembrada no manjar branco da Dilinda e na caipirinha que o vovô Pedrão fazia... rezar por eles e com eles... Saber que um dia tb vamos ser ancestrais e louvar nossos Deuses: é verão, Zeus canta no céu e nos ilumina com seus raios... Apollo que já voltou de Hiperbóreas, traz seu brilho todas as manhãs. Assim que é... cada dia, independentemente do nome, tem de ser sagrado!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Lua cheia, solstício e eclipse


Ufa! Esse dia 21 vai ser cheio de coisas muito especiais.


O ápice do verão chega, e com ele, aproveitamos o Sol, a Saturnália... a coisa muito gostosa de curtir-se e curtir as pessoas em volta. É momento de alegria, de celebração e da espera do que será novo, maduro: é um momento de promessa e de fruição do que trabalhamos bastante durante o ano para ter.


A lua cheia se cumpre toda luminosidade, mostrando caminhos que não poderíamos não enxergar antes. Nossos ancestrais olham para nós de suas mansões e nos sentimos tomadas de amor e de poderes. Mágicos =) Além de ser um momento, para esta strega, de renovação, de estudo oracular.


E o eclipse? Quando parte da lua se guarda na sombra da Terra... quando a titânide Selene mergulha no manto da protogenoi Gaia... Talvez seja quando Selene desce mais perto de Endimion e se deita ao seu lado, se permitindo sonhar junto com ele. Lua de máscara, Ártemis brincando com suas ninfas, não mostrando seu rosto como uma deusa.


Talvez essa junção toda de lua mascarada com solstício de Verão que nos traga a fazer coisas que estão somente em nossos sonhos, em nosso inconsciente... Lua que ilumina e esconde... Convida a dançar a noite toda... Junto de quem amamos... junto da nossa comunidade. Sobre a nossa Terra!


quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Coisinhas de fim de ano.


Estou aqui para perguntar solenemente quais são seus rituais de final de ano...

Tem gente que quer fazer grandes limpezas... existe sempre um momento de reflexão, de balanço... Além de tudo que temos para ano novo. Tem decorar a casa, tem as comidas... Fechar o ano... repensar coisas... o que eu quero? O que eu não quero mais?

Eu tenho o meu lance com o tarot... uma carta nova a cada semestre.
E a vontade de fazer uma jantinha para os familiares e amigos.

E vc? Quais são seus rituais de fim de ano?

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

7 ervas - para cozinhar


Chega essa época de fim de ano e, não tem jeito... comida vem a mente. E, pensando nisso, eu fui até a minha cozinha para ver o que tinha de especial que me lembra as comidinhas de avó.

- alho: uma delícia para refogar, fazer arroz, feijão, temperar a canja da Dilinda.

- cominho: gostinho de carne, de bolinhos... adoro cominho no feijão, nas carninhas, nas proteínas de soja do meu amor!

- louro: indispensável para os grãos e para os picadinhos!

- cebolinha fresca: aprendi a apreciar essa coisa deliciosa no México... com sopa de abóbora. Adoro cebolinha fresca em cima de saladas e principalmente, sopas!

- coentro: aprendi com meu amor... coentro é refrescante, delicioso e deixa uma aroma bom... onde eu como isso melhor de tudo: num prato nada italiano, a muqueca capixaba.

- páprica picante: um bálsamo picante para qualquer molho. Amo!

- orégano: pizza, pizza, pizza... adoro!

domingo, 28 de novembro de 2010

Limpando com chamas

Limpeza.
Algumas pessoas queridas andaram sonhando umas coisas estranhas... com roubos, com ratos... Então, não tive dúvida. Peguei uma vela... e com ela, pensei em limpeza.

Foi no sábado, quando a minha querida Lena estava aqui em casa ajudando na limpeza pesada da casa... vidros, azulejos, cozinha... E, junto com trabalho pesado, eu resolvi colocar junto o trabalho espiritual.

Enquanto limpávamos a casa, eu acendi uma vela e pedi para que, sua chama queimasse mesmo, a tristeza, o mal-querer, a negatividade da casa. Pensei que, se tudo isso fosse como poeira que vamos tirando de casa, a chama iria pegá-las no ar e as queimar. A vela era preta.

Borrifei um preparado de 7 ervas em casa... e no fim, quando a casa estava um brinco - obrigada, Lena, acendi uma outra vela.
Uma branca...

Para curar, limpar e cauterizar... uma vela branca de paz e purificada... para termos paz em nossa casa.

Imagem: http://yad-ee.deviantart.com/

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Conversas entre streghe e tarólogos


Esses dias eu postei uma conversinha no Chá de Tarot, pensando em duas coisas: primeira, como podemos usar os símbolos do tarot como um ponto centralizador de magia e como podemos ter o melhor dos mundos em nossos ofícios: de bruxa e de oráculo. A ideia da conversa era: qual arcano de tarot poderia nos defender do mal olhado?

Vieram muitas respostas interessantes que eu gostaria de dividir.

Primeiro de tudo, eu vou comentar o que eu pensei. Eu acho que uma boa defesa com o mau olhado poderia ser o Sol ou A Justiça. O primeiro porque eu acho que ele deixa tudo aparecer e que "queima" as más intensões e mostra quem quer fazer o mal. O segundo porque coloca as coisas em seu devido lugar, mandando o mal para seu lugar e mantendo a espada empunhada, caso seja necessário. Também acredito que, muitas vezes, que a Justiça seja um bom passo de cura, porque conhece a Ordem Natural das coisas e ajudam a pensar como proceder. E se Themis, a Ordem Natural, ensinou aos homens como cultuar aos Deuses corretamente, também pode ajudar a pensar como fazer ritos de cura apropriados.

Porém, muitas respostas interessantes surgiram:
- O Mundo, por ser uma carta radiante.
- O Diabo, por ser no tarot Mitológico, Pan e com ele as coisas se desfazem ou se assustam.
- A Lua, por estar conectada com o lado mais escuro, mais misterioso da coisa - e se pensarmos nas deidades do Mitológico, estamos falando da Deusa Trívia.
- A Sacerdotisa, pelo seu grande potencial mágico.
- ÁS de espadas, pela força do metal que aponta para o mal. Inclusive, o Leo Chioda recomendou o uso dessa carta na carteira para manter o mal afastado.
- A Imperatriz, pelo seu potencial criador e que afasta a secura do olho ruim.
- O Mago, por enganar quem tem más intenções.
Adorei todas as ideias... E se vc tem alguma que não apareceu aqui, por favor, nos conte =)
Agradecimentos a Cássia, Leo, Cynthia, Emanuel, Bruno e Alan.

Imagem: Justiça, do Victorian Romantic Tarot http://www.victorianromantic.com/Wands.htm

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Convites para dezembro

Olá, pessoal!

Temos muitas atividades de Bruxaria Italiana e tarot acontecendo agora em dezembro.

No dia 3 de dezembro, sexta-feira, às 20hs, na Casa de Bruxa, acontece a palestra "Bruxaria Italiana e seus caminhos". Uma conversa sobre as origens e práticas da Bruxaria Italiana, no Brasil, na Itália e nos EUA.
Entrada: R$5,00 ou um produto de limpeza a ser doado.

Dia 10 de dezembro, sexta-feira, às 20hs tem início as atividades do Grupo de Estudos de Tarot da Casa de Bruxa. Trata-se de um encontro mensal para aprendermos e ensinarmos tarot em suas vivências diárias, numa visão do cotidiano dos arcanos.
Investimento: R$15,00 por encontro.

No dia 17 de dezembro, sexta-feira, na Casa de Bruxa, teremos o primeiro workshop da série "Vivênciando a Bruxaria Italiana". Neste primeiro encontro falaremos das crenças e das práticas dessa espiritualidade.
Investimento: R$144,00 ou 3x de R$48,00

Para mais informações em todas as atividades, entrem em contato com a Casa de Bruxa
www.casadebruxa.com.br

Desafio de Ação de Graças - 14° dia

É hoje. Dia de Ação de Graças.
Obrigada a todos que acompanharam.
Obrigada a todos que tiveram paciência.

Hoje é um dia especial e que agradeço todas as coisas maravilhosas que aconteceram.

Estou muito feliz!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 13º dia


A ideia de hoje é pensar no que aprendemos nessas duas semanas do desafio. E, sinceramente, eu acho que nem precisei pensar muito: aprendi, nesses 15 dias, que quanto mais agradecemos, mais temos a agradecer.

Que bom!!!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 12º dia


Dia de agradecer à Natureza.

Obrigada, Gaia, por estar todos os dias sob os nossos pés... por nos emprestar seu corpo para podermos, com a graça de Deméter, cultivá-la e nos nutrir.

Obrigada, Gaia, por permitir nossa moradia sobre seu corpo.

Obrigada, Gaia, por abrigar, em teu imenso corpo tudo que existe... do mais selvagem ao mais doméstico... do mais calmo e dócil ao mais selvagem.

Obrigada, Gaia, por nos permitir estar.

Imagem: Michele-lee Phelan
www.artofempath.com

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 11º dia


Hoje o agradecimento é para a comunidade que nos envolve.

Tem horas que eu fico meio de mal da minha comunidade profissional, pq tem umas coisas que as pessoas fazem ou dizem que me dão uma certa vergonha alheia. Porém, eu gosto mt de ser professora e, no meu dia-a-dia, eu vejo boas professoras e penso sempre em ser mais como elas.

Eu agradeço imensamente por fazer parte de uma comunidade pagã que, em sua imensa maioria, tem pessoas interessantes e interessadas em fazer o melhor pela sua espiritualidade, do seu jeito, dentro de sua crença.

E por fim, agradeço pela comunidade familiar, que são pessoas ótimas... tanto as minhas de sangue quanto as que eu ganhei esse ano =)

domingo, 21 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 8°, 9º e 10º dias


O desafio continua... eu fiz meus exercícios pensamentos, mas com a correria do fim-de-semana, só estou conseguindo postar agora.

A reflexão do 8º dia era uma mais geral, voltada para o que estamos agradecendo. E, de novo, pensei na minha casa... e depois de umas conversas, junto com meus agradecimentos, fiz algumas limpezas e purificações para o ambiente, porque, tem vezes, que as coisas meio que pousam por aqui. Então, vamos fazer as energias fluirem.

O trabalho do 9º dia foi relativo à criatividade. E aí fiquei pensando em formas criativas de agradecer... e uma delas foi fazer coisas para a casa e inventar uma receita de abobrinha ao forno... o amor gostou e agradeceu.

E hoje, o agradecimento foi para os ancestrais. E nesse eu me senti muito em casa. Na verdade, quando eu fiz os trabalhos de purificação, pensei um tanto neles e no quanto estamos juntos em questões espirituais e mágicas. E como deles, eu aprendi muito e sinto até hoje a forte corrente que nos une.

Dessa forma, agradeço, nessa noite de lua cheia aos meus ancestrais. Pois eles a viram antes de mim... E andaram nessa terra, lutaram, cresceram e o sangue foi fluindo dentro das casas até chegar aqui no Brasil - onde muito foi feito. Louvados sejam e obrigada por fazerem de mim um tanto do que eu sou hoje!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 7° dia


Hoje os organizadores querem saber como estamos, já que chegamos na metade. Acho que estamos bem. Vou sentar e agradecer em casa, hj a noite e escrevo mais sobre isso mais tarde =)

(Mais tarde)...

Fiquei pensando em como coisas se dão GRAÇAS a coisas... o que eu quero dizer é que graças às nossas decisões, por exemplo, é que somos o que somos e que temos o que temos. E que, talvez, precisemos, algumas vezes, nos agradecer.

Meu pai sempre diz que se fazemos o melhor que podemos para o momento, então estamos guardados... pelo Universo e pelas nossas consciências. E eu acredito nisso.

Assim, eu fico com a gratidão de ter tomado boas decisões em pontos chave da minha vida... Claro que nem todas foram excelentes, mas eu preciso dizer que gosto muito de onde elas me trouxeram!

Desafio de Ação de Graças - 6° dia


Agradecimento aos pássaros e seu canto.


Na minha casa, o meu canto de agradecimento, não tem outro: é o bentevi que reina soberano. Canta e me lembra de quando eu era pequena.


Obrigada, bentevi, por estar sempre por perto!


PS: eles deixam o Xico alucinado!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 5° dia


O agradecimento às árvores.


Eu fiquei pensando um pouco nisso e ontem, fiz um texto como uma conversa como uma árvore. Uma que apareceu para mim através do oráculo Ogham.


Então, meu agradecimento vem tanto ao oráculo das árvores, pelas mensagens incríveis que têm mandado... quanto a elas próprias por nos lembrar do frescor e que podemos, por elas, sempre ver como a Natureza funciona.


O meu texto para a sorveira está aqui.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças, 4º dia


O agradecimento de hoje é pelos animais... tanto pelas criaturas que vivem no lugar onde vivemos quanto pelos nossos próprios animais.

Daqui de casa, temos muitos bentevis. E eles cantam e chamam. E isso me lembra de quando eu era pequena e os ouviam da minha janela. E agradeço por essa lembrança.

Dos meus bichos, agradeço pelo simples fato deles serem e estarem. Amo esses dois... e com eles aprendo sobre alegria do encontro. Sempre nos saudamos.

domingo, 14 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças, 3ºdia


A pergunta de hoje foi se o exercício de gratidão é fluído ou se tem sido um desafio. E pergunta de onde vem o seu sentimento de gratitude.

Eu penso que tem sido é muito gostoso. Inclusive pelo poder parar para pensar em agradecer ao invés de reclamar um milhão de vezes por dia.

Sinto que a minha gratidão vem das experiências que eu passo, pois dá, por elas perceber o quanto as coisas que eu tenho são importantes e como eu gosto delas =)

Imagem: http://v1v14n0hh.deviantart.com/

sábado, 13 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças - 2° dia


O agradecimento de hoje é pelas águas... o pelo quê as águas são e trazem.


Assim, eu agradeço, primeiro de tudo, pela água que eu bebo todos os dias. E agradeço pela possibilidade de ter água encanada em casa. E água quente para o banho. E boa água para cozinhar a noite.


Agradeço por poder me colocar sob cachoeiras de vez em quando. E pelo gigantesco mar que abraça tudo.


Agradeço pelo fluir de sentimentos.


E agradeço a água por me trazer um lindo merrow por quem me apaixonei!


sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Desafio de Ação de Graças, 1ºdia


A inspiração de hoje foi "traços que se deixa no caminho".

Pensei um pouco sobre isso o dia todo... e como deixamos várias marcas no caminho das pessoas e como encontramos marcas nos nossos... de família, de lugares, de costumes, de práticas... e de como, algumas vezes, esses caminhos se cruzam e fazemos um novo mapa.

Assim, em casa, que é meu lugar de agradecimento - pq sou mt agrecida por este lar - fiz minhas orações de agradecimento. Pelas marcas que eu encontrei e que me fizeram o que eu sou... de conhecimento, de nascimento... pelas marcas que eu deixo nos caminhos de quem aprende comigo... e pelo caminho cruzado entre uma strega e um xamã.

Imagem: http://darkstormlord.deviantart.com/

Desafio de Ação de Graças


Hoje pela manhã eu acordei com duas coisas estranhas... tanto a carta de tarot que eu tirei para o desafio do dia do Chá de Tarot quanto o horóscopo do Quiroga estavam meio de mal... então, eu pensei que talvez hoje seja um dia dedicado, especialmente à leveza. Assim, vendo o blog da Joanna, o Gaian Soul, resolvi me inscrever no desafio 15 days ThanksGiving Day Challenge.

Vale pensar que esta quinta-feira foi o Thanksgiving Day nos EUA que é basicamente um dia para se agradecer ao que se tem, pois, lá na colonização dos EUA, se não fossem pelos nativos americanos, os colonizadores nunca teriam sobrevivido... O que em tese é lindo - pq é mesmo, me faz pensar como esse feriado foi comemorado na época da guerra civil, quando foi feito um verdeiro genocídio dos nativos naquela terra... inconsistências humanas. Porém, acho que esse espírito tem de viver, pois tb devemos mt aos NOSSOS nativos.

A ideia é que possamos, por 15 dias celebrar o agradecimento e as graças que recebemos. E eu gostei muito, porque eu acredito que isso fala muito de nossa espiritualidade e de como encaramos a vida e as coisas, e como podemos, muitas vezes, deixar as coisas que gostamos passar.

Eu me inscrevi hoje e o desafio começou ontem, mas vou fazer de hoje em diante. E me proponho a colocar aqui os exercícios e propostas para compartilhar com quem estiver a fim de pensar em como se exercita a gratidão.

Só um toque mitológico: são as Graças, filhas de Eurínome, que promovem as ações divinas entre os homens. Então aquilo que pedimos, oramos e conversamos com os Deuses se manifestam fisicamente em nossas vidas por meio das Graças.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Experiências de fim de tempo

Diferentemente dos druidas com quem tenho, intensamente, me relacionado, não enxergo essa época de Samhain como uma de ano novo... Para mim, a pegada é sempre mais uma de homenagem aos ancestrais e de viagem aos reinos espirituais, uma chegada, uma espiada dentro do que é o Hades, por assim dizer.


Tem horas que eu acho que é um momento que mais matamos do que morremos... pelo menos, no meu caso, tem sido assim... E tenho visto muitas mortes. De ideias, de preconceitos, de algumas peças de roupas no armário.


Essa visita aos reinos espirituais me mostraram umas coisas interessantes esse ano. A primeira é que, quando mais próxima do meu espiritual eu puder ficar, mais próxima de mim mesma eu estou... o que me deixa sempre pensando no que fazer no Inverno. Mas enfim... daqui 6 meses eu penso nisso.


A segunda é que eu percebi que o tarot e seus estudos é um instrumento imenso, para mim, para exercitar minha espiritualidade. Tanto para profetisar, quanto para curar. Isso é bom.


A terceira é que a viagem ensina coisas bonitas. Eu ando mais próxima do Ogham celta, que é um oráculo, e tenho aprendido imensamente com esses espíritos-árvore. Aprendi com a hera, a cobrir túmulos; aprendi com a urze, a fazer minha cama matrimonial; estou aprendendo com a avelã sobre a doçura e sobre o conhecimento... aliás, preciso relatar alguns insights sobre isso; e vou aprender com a sorveira mais sobre o meu próprio ofício.


Sol em Escorpião é um tempo. Um tempo de ancestralidade... uma licença poética no meio da Primavera do Sul. E agradeço ao bendito Caronte por me levar, em algumas horas, a reinos distantes e próximos. De me permitir prantear meus Ancestrais. De ver o que vai além de troncos, penas, garras e além do sentimento das pessoas.


sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Finados 2010


Época de finados é sempre assim... esquisita... meio dolorida... cheia de chuva.

Dolorido é, afinal, é a Morte que nos confere ancestrais. E para essa passagem, o processo de luto nos toma... Aprendi esse ano com o salmão. O que é uma ironia estranha... o animal da sabedoria celta (da espiritualidade do meu marido) me ensinou a lidar com a passagem entre as gerações. O Salmão que vai ao mesmo lugar onde nasceu para colocar seus ovos. E morre na volta para o mar. Comigo foi assim, aprendi que para deixar as novas gerações se desenvolverem, as velhas voltam ao mar e se vão nas ondas.

Ganhei uma ancestral esse ano... e dói. Me doeu ver minha avó ruim... e me doeu ter que tomar decisões que só gente grande toma. É... talvez Hades ande bem perto de Saturno (o planeta)...

E chove. O céu pranteia. Por mais que entendamos os ciclos da vida, como seres humanos parece inexorável termos de lidar com o luto e com as perdas e com tristeza de dizer adeus... ou até mais tarde.

Humanos... hunft... precisam tanto do físico... do abraço, do carinho...

E chove! Porque agora é quase verão... e porque as sementes precisam sair de dentro da Terra... Porque o raio de Zeus, levado pelo sentimento de Afrodite, pelo calor que Ela alimenta toma os seres... e nos fertilizamos. De ideias, de planos, de beleza...

É época de finados... e talvez o melhor dos mundos sejam mesmo as festas de Halloween!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Alguns pensamentos sobre a IBWB

Oi, pessoas.


Eu estou escrevendo esse pedaço de opinião pq eu me peguei pensando sobre isso, e acredito que é importante externar o que a gente pensa pelo menos, no meu caso, para organizar meus pensamentos. Pq, sinceramente, eu não sei mt bem como pensar sobre isso.


Na Mystic Fair, semana passada, recebi o convite de conhecer e talvez, me filiar à IBWB (Igreja de Bruxaria e Wicca do Brasil). Logo depois, eu recebi um mail de uma amiga que está trabalhando, junto com outros grupos, numa articulação para a representatividade dos grupos druídicos do Brasil, falando sobre isso... e depois, eu vi uma discussão no Facebook sobre isso... e fiquei muito pensando, sabem?


Primeiro de tudo, eu sei que é tudo muito prematuro, no sentido de que a ideia foi lançada a público há duas semanas, mais ou menos, então difícil falar assim de prima. Então, eu fiquei pensando no conceito da coisa, de que é preciso uma assembleia, uma junção oficial de pagãos para serem reconhecidos legalmente pelo Estado, uma vez que existe uma lei que garante isso...

E por fim, fiquei pensando se eu gostaria dessa representatividade e se ela seria necessária...


Minhas conclusões, por enquanto: eu, pessoalmente, não sinto que precisamos de uma instituição para isso... para representar a Wicca, por exemplo, temos a ABRAWICCA que me parece muito bem obrigada... Pensando na Bruxaria Italiana, bem... eu não sei se penso nisso... mesmo pq as coisas acontecem como tem de acontecer, dentro dos espaços e quem precisa, vai ganhando espaço... Eu sei que a Sarah segue por um pensamento parecido... Acreditamos em instuições, claro, ajudamos que pede a nossa cooperação, mas não seríamos cabeça de nada, ou elders de um conselho de Bruxaria Italiana, por exemplo.


Sei lá. Eu não sou uma pessoa de militar por muitas ideias. Mas eu tenho convicções claras sobre vários assuntos. E tenho um sentimento muito leve em relação à espiritualidade e sinto que ela nos permeia em todos os nossos momentos, seja em reunião com outros pagãos, seja na convivência com os outros, no respeito que temos que ter... que vai desde não jogar lixo no chão a respeitar as regras mínimas de convivência de um condomínio, por exemplo. Até apoiar um candidato que efetivamente trabalha por aquilo que vc julga importante - no meu caso, causas animais.


Porém, acho legítimo poder, para quem busca, ter um reconhecimento, uma legitimação mesmo dos poderes públicos...


Talvez seja uma boa ideia e tomara que tome forma e que vá pra frente de forma decente, coesa e transparente. Afinal de contas, pode representar oficialmente, mesmo que não façamos parte, a nossa espiritualidade e para alguns, sua religião.



Para quem quiser conhecer a proposta: http://www.ibwb.com.br/

Convites!!

Olá, pessoas!

Quero fazer vários convites para uma porção de coisas legais... algumas relacionadas com tarot e, outras, à Bruxaria Italiana =)

Dia 7 de novembro, Sarah e eu vamos palestrar no I Festival de Paganismo, Magia e Cultura Grega. Vai ser no espaço Faces da Lua, na Vila Mariana, em São Paulo.
Pietra fala sobre o Oráculo de Delfos e suas vozes e a Sarah fala sobre as práticas de Reconstrucionismo Helênico.

Para mais informações: http://www.tradicaoeleusiana.com.br/festival/


Dia 27 de novembro, às 14hs, vai ter o encontro Chá de Tarot. Vai ser um encontro na Casa de Bruxa onde vamos conversar sobre Significantes nas leituras, levar nossos baralhos para tomar um ar e pensar e discutir tudo que é coisa de tarot.

Dia 3 de dezembro, às 20hs, uma palestra sobre Bruxaria Italiana e um desenho sobre seus caminhos, crenças e como a strega leva seu ofício dentro de uma espiritualidade responsável.

Dia 10 de dezembro, às 20hs, tem o encontro do Grupo de Estudos de Tarot da Casa de Bruxa, em Santo André, SP.
Vai ser um encontro para quem tem curiosidade ou quer aprender mais ou já sabe e quer compatilhar experiências se encontrar e praticar o exercício da tirada da lunação.

Para os três últimos, mais informações no site da Casa de Bruxa: http://www.casadebruxa.com.br/

Espero vcs por lá e precisando, querendo, podem me escrever: dichiaroluna@gmail.com

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Tchau!

Escrevo para avisar aos leitores que estou me desligando do blog Stregheria Pratica.

O barco continua sendo tocado pelas streghe Filhote de Lua e Pietra.

Deixo meu muito obrigada para as pessoas que me acompanharam por todos esses anos.

Continuarei mantendo outros projetos e todos estão mais do que convidados a prestigiá-los. Podem ficar ligados no meu blog pessoal, o Cerealia, para saber o que está rolando.

Beijos!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Leitura de Primavera, o layout


Layout:

3. Nascimento

2. Fertilização 4. Equilíbrio

1. Semente

1. Semente: o que plantamos durante o Inverno que foi acolhido dentro da Terra e maturado dentro de um útero imenso e inconsciente e passa a ganhar forma a partir do momento que os raios de Sol começam a tocar a Terra e as chuvas que a alimentam.

2. Fertilização: Ação que tomamos conscientemente para que a semente, quando brota, continue a crescer. Cuidados para que a planta se torne saudável e frutífera.

3. Nascimento: os frutos dessa planta que se cultua. Que resultado obtemos depois de um equinócio de cuidado, para o amadurecimento e crescimento do Verão. O nascimento é a semente do Verão.

4. Equilíbrio: conselhos para manter a harmonia entre dias e noites, temperaturas, chuvas durante o Equinócio.

A Primavera é um momento de equilíbrio de pólos. Quando os dias e as noites se tornam iguais e as temperaturas caem de noite e de manhã cedo, e se mantém agradáveis durante o dia. Primavera é um respiro de chuva, que faz com que as pessoas e os seres e as energias se revitalizem.

Refletindo sobre os símbolos e significados da Primavera e o ciclos que a paisagem passa nesse momento, pensei em algumas cartas que podem ser as portadoras dessas mensagens.

Joanna P. Colbert faz um proposta de leitura para a chegada do Outuno no hemisfério norte e assim, um layout de Colheita. A proposta, inclusive, de uma leitura com cartas deliberadamente encontradas é muito interessante. Trata-se de um processo. De uma investigação, que a própria Joanna acaba por determinar as cartas que ela gostaria que estivessem em suas posições para um melhor aproveitamento desses significados.


Desta proposta nasceu a leitura de Primavera. Então com a reflexão sobre 32 arcanos, deliberadamente, podemos pensar em nosso processo de equinócio.

sábado, 2 de outubro de 2010

Temas de Primavera - cortes


Para os temas de Primavera, vem a última parte antes da leitura... as cartas de corte. E escolhi 4:

- Rainha de Copas: mãe da água, senhora dos sentimentos, daquilo que desperta na primavera, o conviver. Amar.

- Cavaleiro de Espadas: busca pelos novos projetos... novas ideias e novos significados.

- Pagem de Ouros: aprender com o que nasce da terra - a inocência e o frescor daquilo que é jovem.

- Pagem de Espadas: mensagem do ar, leveza do ar e da comunicação.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Temas de Primavera - Ases


Continuando o estudo e a escolha de arcanos para a tirada de Primavera, vem todos os ases.

Eu acredito que a força de início, o nascimento dentro de cada plano: físico, material, mental e emocional que cada um desses arcanos preconiza nos fala muito da Primavera e do começo dela.


Ás de espadas: nascimento da borboleta e da disceminação de pensamentos... troca de ideias. Nascimento de conversas.
Ás de copas: nascimento do salmão e de uma tragetória que fala de conhecimento e de ancestralidade... a brota de sentimentos e de emoções.
Ás de ouros: nascimento do gamo e de tudo que nos equilibra na terra (4 patas). Começar a caminhar com projetos e com uma vida a ser cuidada.
Ás de paus: nascimento da serpente. Começo do que vibra na terra, da manifestação da nossa criatividade. Brota de projetos e buscas.

sábado, 25 de setembro de 2010

Temas de Primavera - arcanos menores


Continuando para a leitura com tema de Primavera, venho apresentar os arcanos menores que eu escolhi.

- 3 de ouros: plantio, nova vida, cuidado.
- 3 de copas: alegria de compartilhar, sentimento de família, alegria de sair ao sol.
- 10 de espadas: viagem, movimento, volta da migração.
- 4 de ouros: junção, alimentação, preparação.
- 4 de paus: celebração, estar ao ar livre.
- 6 de espadas: atividade de equilibrio, de celebração e honra.
- 9 de ouros: estar em meio ao que floresce.
- 2 de paus: energia sexual.
- 4 de espadas: manutenção da semente, paz, trégua para o nascimento.
- 9 de paus: equilíbrio, energia que flui.
- 6 de copas: reunião com sentimento de grupo, de comunhão.
- 3 de ouros: fruição de um produto coletivo, partilha do que produção social.
- 2 de espadas: centração, ouvir o canto que nasce na Primavera - ter comunicação com a Natureza.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Temas de Primavera - Arcanos Maiores

Comecei a fazer um escrutínio das cartas do tarot para encontrar os temas de Primavera, como proposto no posting Leitura com Tema.

Dividi esse estudo em partes: arcanos maiores, arcanos menores, ases e cortes.

Depois de olhar e pensar sobre os temas encontrados, montei uma leitura, um layout.

Segue, então, hoje, o que eu encontrei nos arcanos maiores:
- A Força: o levantar do instinto que nos liga à Natureza. Ouvir nosso lado animal. Ter vontade de viver.

- A Imperatriz: a brota, a gestação de um jardim. Visita à Mãe Terra que nos nutre.
- A Roda: ciclo, mudança. Viagem dentro de um novo momento.
- O Sol: aquele que renasce e aquece a terra
- A Temperança: movimento das águas, volta da chuva no equinócio. Crescimento e desenvolvimento dos seres.
- Os Amantes: amor, união, casal e acasalamento.
- O Mundo: dança e alegria sobre a vida.
- A Justiça: o equilíbrio do equinócio.
- O Mago: início de um ciclo. Semente. Ponto de partida.
- O Louco: semente que brota e que busca o sol. A inocência do renascimento. Pureza.

Em seguida, os arcanos menores...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

La Pietra Oracolare


Fui gentilmente convidada a escrever uma coluna sobre Tarot para o site Bruxaria.net, e hj saiu o primeiro texto!

Assim, convido os amigos desse blog a conhecerem La Pietra Oracolare e deixarem seus comentários e sugestões.



segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Tiragem com tema, por Joanna P. Colbert


Pegando a newsletter da Gaian Soul, o blog da Joanna P. Colbert, autora do Gaian Tarot, vi um artigo interessante sobre a leitura de Colheita que se sugere para a chegada do Outono - no hemisfério norte.


Fiquei então pensando em um tema de Primavera... e isso eu estou cozendo em casa, e quando estiver ok, eu posto por aqui. Eu posso adiantar que já estou gostando mt do que está saindo =)


Fui atrás da Joanna para perguntar para ela um pouco mais sobre essa coisa de fazer uma leitura de cartas as escolhendo deliberadamente... quero dizer, em cima de um tema, pensar em quais arcanos se encaixariam para fazer uma leitura que nos oriente dentro de um determinado momento.


O que ela me respondeu foi - via Facebook:

"Hi Pietra! Yes, just choose a theme (Spring in general, or a quality of Spring like new beginnings or clarity or rebirth or something like that). Then go through the deck face up and pull out all the cards that visually look like your the...me, or that tug at you in some way. Try to bypass your brain and just go on intuition, or by which cards are visually pleasing. Then narrow them down to 3 cards (if you're doing a 3 card reading) and, again, use your intuition to put each card in each spread placement. Then do your reading the way you would usually, keeping in mind that you have the power to set your intention and manifest your desire. :-)".


Traduzindo... Escolha um tema... Então pegue o baralho e coloque todas as cartas para cima, de forma que vc possa olhar para todas elas e veja quais se parecem com o tema em mente, ou que te chamam a atenção de alguma forma. Tente deixar passar as racionalizações e vá pela intuição. Em seguida, pegue essas cartas e faça com sobrem apenas 3 (para uma leitura de 3 cartas) e, novamente, use sua intuição para colocá-las nas posições da leitura de 3 cartas. Aí, vc faz a sua leitura como costuma fazer, tendo em mente que vc tem o poder de fazer a sua intensão manifestar seus desejos."


Achei interessante... e já fiz uma pequena adaptação disso para a leitura de Primavera... vamos ver o que a gente cozinha... Estou temperando =)

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Convite para blogagem coletiva de tarot


Você é taróloga? É uma dona de uma casa e lida com tudo que está dentro dela? Marido, filhos, pais, pets, listas de mercado e ainda assim é rainha e senhora de si e do lindo lar que vc mantém?
Então, esteja convidada para participar da blogagem coletiva: Rainhas do Lar. Qual é você?
Acontece dia 24 de setembro, sexta-feira.
Para mais informações, visite a casa da Pietra no Multiply!
Bjokas

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Temas de Primavera


Lendo a newsletter da Joanna Colbert, autora do Gaian Tarot, eu aprendi algumas coisas sobre utilizar cartas de uma forma mais deliberada para fazer algumas leituras. Leituras com tema. A proposta dessa newsletter do Gaian Tarot é a respeito de colheita, uma vez que estão indo em rumo ao Outono... mas aqui, aqui as coisas são diferentes.


Então, eu estou aqui pensando: quais são os temas da Primavera? Em quais cartas se encontram o que a Primavera representa?


Com essas sugestões e algumas ideias minhas, eu conto como é esse conceito da leitura com cartas deliberadamente escolhidas.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Carta do Esquilo Feliz


O que dizer sobre ela?
É... as cartas são mesmo vagas e misteriosas =) Adoro!
Shadowscapes Tarot tem uma carta do Esquilo Feliz em sua edição especial. Porque tarot se faz também com muito bom humor!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Uma eleição que vale a pena!


Claro que votar sempre vale a pena, afinal de contas, nos faz, tb, responsáveis pelo lugar onde vivemos. Mas hoje eu quero falar de uma eleição para quem conhece a paisagem onde vive ou quer saber mais sobre ela. E onde os candidatos são muito fofos!


2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade, de acordo com a UNESCO, então, várias campanhas e trabalhos educativos estão sendo desenvolvidos por aí. E a prefeitura da cidade de São Paulo propôs uma eleição: o animal símbolo da cidade.
Então, vá conhecer os candidatos e faça sua escolha!
No site ainda, podemos também conhecer áreas verdes, mais sobre a fauna e a flora da cidade. Muita informação interessante e proveitosa.

Alimentos de época

Faz tempo que estou encucada com isso. Ai resolvi perguntar ao Profeta (também conhecido como google).

Para quem é ligado a passagem das estações, e também para quem quer se alimentar de um modo mais saudável, conhecer os alimentos que são colhidos em cada época do ano é um passo bem importante. Alguns a gente lembra mais fácil. Outros, é difícil saber só olhando no mercado. Em lugares muito frios, é mais fácil pensar nisso porque não é tão fácil colher fora de época como é aqui. Não a toa, a cada época do ano a nona ia fazendo licores e compotas e conservas com as frutas e alguns legumes, para as épocas onde eles não eram encontrados. (minha nona fazia até o próprio extrato de tomate...) 

 Além de tudo, é sempre um bom modo de se conectar ao lugar onde vivemos, compreender melhor as tradições e fazer ofertas de acordo com o que a natureza da época pede. Bruxaria de cozinha.

Então eu encontrei,no CEASA de Campinas, uma tabela com os alimentos de cada mês do ano, que vou compartilhar aqui com vocês:

Janeiro
abacate, banana,coco verde, goiaba, limão taiti, mamão, manga, maracujá, pêra d'água, uva niágara, abobrinha, berinjela, jiló, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, cenoura.
Fevereiro
abacate, banana, caqui, carambola, goiaba, limão taiti, maçã gala, mamão, maracujá, pinha, pêra willians, abobrinha, berinjela, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, mandioca.
Março
abacate, banana, caqui, carambola, goiaba, limão taiti, maçãs gala e fuji, maracujá, pinha, tangerinas cravo e ponkan, pêra willians, abobrinha, berinjela, milho-verde, pepino, pimentão, quiabo, tomate, vagem, batata inglesa, cará, mandioca, mandioquinha.
Abril
abacate-, caqui, limão taiti, maçãs gala e fuji, pinha, tangerinas cravo e ponkan, pêra willians, chuchu, milho-verde, pepino, quiabo, vagem, batata inglesa, cará, cebola, mandioca, mandioquinha, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.
Maio
abacate, limão taiti, maçãs fuji e red, melão, morango, tangerinas cravo e ponkan, pera willians, chuchu, batata doce, cará, cebola, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.
Junho
laranja pêra, melão, morango, tangerinas cravo e ponkan, maçã red, pêra willians, chuchu, ervilha, batata doce, cará, cebola, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.
Julho
laranja pêra, melão,morango, tangerina murcot, ervilha, batata doce, gengibre, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.
Agosto
abacaxi, caju, laranja pêra, melão, melancia, morango, nêspera, tangerina murcot, ervilha, beterraba, mandioca, mandioquinha, rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa, salsão.
Setembro
abacaxi, caju, coco verde, jabuticaba, laranja pêra, melão, melancia, nêspera, ervilha, beterraba. Rabanete, acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, cebolinha, couve, couve-flor, chicória, espinafre, repolho, rúcula, salsa , salsão.
Outubro
abacaxi, banana, coco verde, goiaba, jabuticaba, mamão, melancia, nêspera, pêssego, abobrinha, berinjela, jiló, pimenta, beterraba, cenoura.
Novembro
abacaxi, ameixa, banana, coco verde, goiaba, mamão, melancia, nectarina, pêssego, abóbora, berinjela, jiló, pimentão, beterraba,cenoura.
Dezembro
ameixa, banana, coco verde, goiaba, mamão, maracujá, manga, nectarina, pêra d'água, pêssego, uva niágara, abóbora, berinjela, jiló, pimentão, tomate, vagem, cenoura.

 Também lá, tem essa tabela coloridinha com as épocas em que se encontra mais ou menos um alimento.

Espero que seja útil. Eu fico aqui cheia de idéias sobre minhas próximas celebrações de lua nova... com alimentos de época.

Ainda preciso complementar com a época de colheita dos grãos, mas já é um bom começo.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Luz que vem aos poucos


Depois de quase morrermos congelados aqui no Sudeste, o tempo mudou de vez. É sol todo dia e nenhuma gota de chuva (se bem que isso se espera até setembro mesmo). E além de ser sol todos os dias, as manhãs têm começado meio frias e o dia esquenta e a noite, vamos colocar uma meia de novo. Oscilação de temperatura durante o dia... sol aparecendo... existe alguma coisa mais Primavera que tudo isso?
A mim parece que as manhãs estão com um cheiro diferente. Mais fresco, com uma disposição de flores que começam a dar suas carinhas para que as coisas fiquem mais coloridas. Ou talvez eu esteja mais colorida. Talvez.
A questão é que, indubitavelmente a Primavera está aqui. Tudo bem que ainda falta um mês... mas será que falta? Uma vez numa conversa, o Marcos me contou que existem ideias que pregam que sim, a Primavera já está entre nós e que no dia 23 de setembro ela apenas chega a seu ápice, se aproximando, a partir de então, do Verão.
Eu não posso dizer que eu não gostei. E também não posso dizer que não dá pra não ver. Com tudo isso acontecendo, clareando e crescendo, eu tenho sentido isso se refletir em mim.
Ando mais intuítiva...
Mais tarot person...
Sinto meu coração mais aberto para as coisas...
Olho para o amor com olhos mais coloridos.
Apollo está voltando de Hiperbóreas.
Perséfone vai arrumar os jardins com Deméter.
Afrodite nos instiga a fazer de nossos corações pérolas e presentear quem amamos.
Que assim seja!

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pietra convida...

para duas palestras em setembro =)

No dia 12 de setembro, domingo, às 14:30. Vamos conversar sobre magia e tarot. Como os símbolos do tarot podem nos ajudar no nosso fazer do dia-a-dia? Como as energias que recolhem os acontecimentos da humanidade podem nos ajudar a curar a nossa vivência? Vamos conversar sobre o tarot, suas origens e usos e treinar nosso olhar para os símbolos que nos guiam em nossos trabalhos mágicos e espirituais.

No Viver Alternativo, no Tatuapé, SP. Haverá também uma atividade artística da Filhote de Lua!! www.viveralternativo.com.br

No dia 3o de setembro, quinta, às 20h. Uma aula sobre Bruxaria Italiana, suas origens e suas práticas. Para quem quer conhecer mais sobre Stregoneria e também para quem tem histórias e receitas para contar.

No espaço Faces da Lua, na Vila Mariana, SP. O investimento é de R$21,00.
www.facesdalua.com.br

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ofício e família

São duas e meia da manhã e eu deveria esta dormindo porque daqui a seis horas estarei saindo para o trabalho.

Ao invés disso, estou desenhando sigilos de proteção e preparando as ferramentas com que alguém que amo estará amanhã fazendo sua própria magia; ela a seu modo também é uma bruxa.

A diferença é que ela, ao contrário de mim e de outras mulheres desta família, decidiu um dia que não queria lidar com essas coisas. Que não se sentia forte, que achava que não era o bastante, que não lhe servia.

Eu não acredito em livre arbítrio, sou helenista caixa de maizena, acho que os deuses mandam na gente. Ela é católica - acredita em livre arbítrio.

Eu não discuto seu livre arbítrio. Mas os sonhos, ela os tem, mesmo fugindo deles. E quando menos espera, lá vem ela, pedindo um sigilo de proteção ou uma reza forte, aconselhando alguém ou fazendo uma limpeza, jogando sal ou espantando mal olhado .

Tenho reparado que nos últimos tempos, ela tem lidado melhor com isso. Com o fato de que não podemos negar que nosso papel na sociedade é espantar coisas, proteger coisas, tecer feitiços e cozinhar intenções. E que não importa se eu invoco Hécate e ela São Miguel Arcanjo, se eu queimo ervas e ela incenso de oração, se ela faz uma figa discreta e eu um mano cornuto na frente do peito, nós trabalhamos bem ajudando uma a outra.

Este ofício independe de religião, e cada vez mais eu creio que também independe de vontade. Parece que alguns não conseguem fugir do que são.

E eu, anoto os símbolos que ela me pediu para procurar, enquanto separamos carvão e sal, e preparo minhas velas, e enquanto ela separa o terço eu faço sortilégios de proteção sobre ela.

Queria que a vida fosse fácil e nada disso necessário. Mas acho bonito, nós duas assim, vestindo jaquetas vermelhas e discutindo formas de afastar juntas um mal que teima em se aproximar da comunidade. Porque é isso que fazemos, não? Nós bruxas que não se dizem bruxas, nós que nos encontramos sob a sombra das árvores fazendo tranças de ervas e olhando a passagem das pessoas ao longe.

Nós cuidamos do nosso vilarejo, para que o leite não talhe e as plantações não sequem.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Espiritualidade, mediunidade e lugar

Vi e ouvi coisas muito legais na Convenção de Bruxas e Magos esse ano. Tive oportunidade de dar duas palestras, a já planejada sobre tarot e uma, de repente, sobre Bruxaria Italiana - que acabou sendo mais um bate-papo e uma sessão de tirar dúvidas do que uma palestra formal. Mas foi muito bom, porque pude conversar com outras streghe sobre coisas ótimas =)

Participei também de atividades propostas por outros profissionais e vi uma coisa que me deixou pensando... ou na verdade, reinterando um pensamento que eu já tinha...

Eu acredito que a nossa espiritualidade permeia a nossa vida como um todo... não tem jeito: não podemos separar o que acreditamos, o que trabalhamos em nossos espíritos e o que somos em essência do nosso dia-a-dia, de cada passo que damos. Se fizermos isso, corremos o risco de fazer como "católicos não-praticantes" e penso que isso é fake. Eu sempre disse que a nossa espiritualiadde, nossa religiosidade é o pano de fundo de nossas vidas e com ela, construímos o que somos neste plano físico.

Acredito também que muito da nossa espiritualidade é muito atrelada a mediunidade... à sensibilidade e à percepção de um mundo mais sutil que o nosso plano físico. Magia se dá em outros planos e se realiza aqui... comunicações com os Ancestrais acontecem em outros planos... intuíção acontece em outro plano e tudo se junta no que podemos fazer aqui e agora com tudo isso. Porém acreito que, por ter esse nome, sensível, a mediunidade prevê um grande cuidado, porque não é o tipo de coisa que podemos simplesmente colocar em plástico bolha para não arranhar. Se deixar dispor de manifestações físicas de nossa mediunidade em locais que não sejam cuidados e, especialmente, feitos para isso pode causar problemas.

Bem que em um lugar com a convenção tem gente que dá conta de lidar com essas coisas - e haja trabalho! Mas acredito que esse cuidado e esse controle sejam sempre necessários, pois mesmo em um lugar onde todos estejam voltados para suas espiritualidades, nem todos estam acostumados ou sintonizados com sua mediunidade.

Assim, penso que controle seja uma palavra-chave. Para que todos possam aproveitar em todos os níveis o que acontece. E que se uma atividade acontece para ser aproveitada em nível consciente que assim o seja...

Cada coisa em sua hora e em seu lugar para que se possa tirar o melhor. Sempre!

Pietra

Volta de Paranapiacaba e novas preparações!

Olá, pessoal!
Uma passagem rapidinha pra dizer que foi um fim-de-semana ótimo em Paranapiacaba e que vou escrever mais sobre isso mais tarde... Tivemos muitas conversas legais, aprendemos coisas interessantes e trabalhamos bastante =)

Bjos

Pietra

domingo, 8 de agosto de 2010

Convenção de Paranapiacaba - algumas novidades

Olá, pessoas.
Daqui uma semaninha vamos voltar de Paranapiacaba e com novidades e ideias, certeza absoluta!

Mas, enquanto estamos nos planejando, vai aí algumas novidades:

Fiquei sabendo que está circulando um e-mail dizendo que cada palestra da convenção custará R$15,00. Não é verdade! O evento custa R$15,00 e os convites podem ser adquiridos na Casa de Bruxa ou outros parceiros. Quem quiser, pode comprar na hora, lá no envento.

Palestras prontas e quase as malas... então vamos lá.

Preparei um arquivo para dividir com os participantes da palestra que eu vou dar com dicas de livros, uns exercícios e coisas mais que, quem estiver por lá, vai ver. O que me pegou essa semana foi que, muitos dos livros que eu tenho e amo, porque considero ótimas referências de estudo, estão esgotados em seus editores. Que coisa, né?

Bom, espero ver todos lá no evento e tenho certeza que vamos nos divertir e aprender bastante. Afinal, o que é um encontro de pessoas sem risadas?

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Culto e Sacerdócio

Texto escrito pela amiga Cássia Larrubia, o qual, eu acredito, reflete um pouco do que pensamos sobre Neopaganismo, sacerdócio, fé e trabalho com os Deuses.


Eu estou com esse tema na mente faz bastante tempo, mas ando sem tempo de escrever. É uma coisa que eu andei pensando sobre minhas experiências e observações.

Acredito que haja um problema cuja raiz é a crença de que todo pagão é Wicca. Não é e acho que quem está trilhando essa coisa complicada chamada neopaganismo há um tempo já se ligou que não é bem por aí. Mas se você pega livros de wiccanos e de pessoas que utilizam dessa filosofia para criar sua parte dessa crença multifacetada, vê que todos falam sobre iniciações, sacerdotes e sacerdotisas e autoiniciações etc.

Acredito que quando estamos falando de iniciação, de entrega da nossa vida a uma força maior que nós, seja lá um deus, uma deusa, vários deuses etc etc, estamos nos comprometendo ao sacerdócio com essa divindade. Bom... aí é que pega.

Acho que existe uma diferença fundamental entre culto e sacerdócio. E que, infelizmente, as pessoas todas que resolvem trilhar esse caminho do neopaganismo pensam que precisam ser sacerdotes e muitas vezes não entendem, de cara, o que significa ser o sacer
dote de um deus ou de uma crença.

Pergunte ao padre, pastor, pai de santo ou coordenador de centro kardecista. Eles se
dedicam ao que fazem de uma maneira muito mais intensa e com muito mais responsabilidades do que quem vai lá assistir a uma missa, culto, reunião etc. Eles são responsáveis pelo cuidado às divindades, têm a obrigação de estar em todas as festividades, nos cultos todos os sábados, nas missas todos os domingos e por aí vai.

Quando você resolve trilhar um caminho neopagão, você tem, pra mim, uma escolha: você pode cultuar os deuses de sua escolha com seriedade ou você pode se tornar um sacerdote desses deuses, preferencialmente de um deles ou de alguns deles (de um panteão), mas não de todos. E você cultua os demais.

Não acho que todas as pessoas estão prontas pro sacerdócio. Ou que seja a vibe de todas as pessoas que optam pelo neopaganismo serem sacerdotes.

Acho que antes de pensar em uma iniciação, em graus iniciáticos, você deve pensar bem no que quer do sistema religioso que escolheu. Porque quando você assume o compromisso, vai precisar cumprir, certo? E como fica se depois você resolver que não é bem isso, que não tem tempo ou não está com vontade?

Acredito que o desejo de cultuar um deus, demonstrar fé e amor a uma divindade pela perspectiva do fiel é tão bonito quanto adentrar nos mistérios e nas obrigações do sacerdote. Basta ser feito de coração. Além do que deuses precisam ser cultuados.

Também acredito que o sacerdócio é um chamado. Em todas as religiões é assim. Você é impelido ao trabalho. Então também acho que, quando somos chamados, é de bom tom atender. Mesmo que dê trabalho (acredite, se você quiser levar isso a sério vai dar trabalho! E vai dar trabalho pro resto da sua vida).

É que é tão bonito e tão precioso que se torna, acima de tudo, um prazer e não uma obrigação.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Chá de Tarot - 1 de agosto

Confirmado então o nosso encontro no domingo, dia 1º de agosto, às 16hs. Nos encontramos no portão principal do Parque da Aclimação.

No dia, não se esqueça:
- leve uma canga para sentar e para colocar seus decks.
- de levar seus decks queridos para dividir com os outros participantes.
- um docinho ou salgado para compartilhar.
- um chazinho na garrafa térmica.
- canecas não descartáveis, afinal de contas, haja plástico no mundo.

Espero todos por lá!
E qqer coisa, escrevam: dichiaroluna@yahoo.com

Pietra

domingo, 25 de julho de 2010

Ísis e Deméter

Ísis e Hórus
Terminei a pouco a leitura de um artigo chamado "Isis and Demeter: Symbols of Divine Moterhood" (Ísis e Deméter: Símbolos de Maternidade Divina). Esse é um tema que me interessa bastante, tendo em vista que sou devota de Deméter e que a relação de sua figura com as imagens de outras deusas mães é sempre uma discussão bem vinda.

O que gostei no trabalho foi a iniciativa do autor de contradizer teorias anteriores que sustentam a semelhança entre as duas deusas e a hipótese de que os Mistérios de Eleusis (cultos secretos em honra à Deméter e à Perséfone, relacionados com imortalidade e renascimento) seriam simples adaptações dos mistérios de Ísis.

O autor, um acadêmico chamado Vincent Arieh Tobin, do American Research Center in Egypt (Centro de Pesquisa Americano no Egito), sustenta que as similaridades entre Ísis e Deméter são menores do que suas diferenças. Para ele, o ponto central da questão é que Ísis é uma deusa muito mais relacionada a questões políticas do Egito, como a posse do trono e a validação do poder do Faraó, do que Deméter. A deusa grega tem uma relação mais intensa com a natureza em si do que com a política, e parece ter sido menos influenciada por sistemas religiosos patriarcais do que Ísis teria sido. Além disso, ele defende que diversas divindades egípcias teriam relações com símbolos de maternidade - Nephtys, Hathor, Nut - enquanto que, dentro do pensamento mítico grego, Deméter é a deusa mãe por excelência.

O autor colocar que os gregos relacionaram ambas por seus mitos girarem em torno do tema da busca por um ente querido perdido e por serem "mães sozinhas" (single parent, no original). Mesmo aí, temos diferenças entre ambas. Ísis busca o corpo do marido morto, enquanto Deméter busca a filha viva; Ísis é a imagem da esposa devotada à memória e ao legado do marido, enquanto Deméter mesmo tendo tomado consortes, não se casa. Essa última referência, segundo Tobin, pode mostrar uma relação da deusa helênica com divindades ctônicas femininas da pré-história, que não tinham relação direta com nenhum consorte.

Deméter
Por fim, o pesquisador defende ainda que os mistérios de Ísis não são um atributo original dessa deusa, tendo sido aplicados a ela por gregos e romanos em períodos posteriores ao apogeu do Egito, sendo contemporâneos aos Mistérios de Eleusis. Logo, não seria possível que houvesse uma adaptação, nem que Deméter fosse um derivado direto, porém modifica, de Ísis. Ele afirma ainda, de passagem, que os cultos eleusinos derivam de mistérios Minóicos (cretenses), não egípcios.

Eu discordo de alguns pontos colocados pelo autor, como por exemplo de que Ísis é uma divindade mais complexa do que Deméter. Acho que ambas são complexas em seus próprios escopos. Mas em geral acredito que é um trabalho muito bom, que vale a pena ser lido. O único problema é que ele está em inglês e não existe tradução do material.

O PDF com o artigo pode ser baixado neste link.

Se alguém conhecer o autor e tiver mais informações dele (como biografia, áreas de interessa, universidade em que atua etc) eu agradeço, porque até agora não consegui encontrar muita coisa.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

7a Convenção de Bruxas e Magos de Paranapiacaba


Pessoal!

A programação da Convenção já está disponível para download e impressão.

Clique aqui para ver todos os detalhes!!!

Sugestões da strega:

A minha palestra, claro!
Dia 14 de agosto, às 14hs. Os Arcanos de 2012. Uma conversa sobre quais cartas e quais energias e símbolos nos acompanharão em 2012.

Dia 14 de agosto, às 15h10. Vivenciando as mudanças de ciclos. Com Marcos Reis. Uma palestra sobre a vivência dos celtas e dos druidas acerca de seus ciclos e mudanças sociais e espirituais.

Dia 14 de agosto, às 11h40. Viagem mental a 2012. Desvendando os registros ocultos. Com Márcio Nogueira.

Dia 14 de agosto, às 17hs. Rituais Mágickos. Com equipe Imagick.

Dia 14 de agosto, às 16h. A energia que move é a energia das nossas escolhas. Com Sthan Xannia.

Dia 15 de agosto. Às 10h40. Vivenciando a cura, abrindo à novas percepções. Com Marcos Reis. Vivencia xamânica para cura pessoal e entendimento do fim de ciclos.

Dia 15 de agosto, às 16h. 2012, o que as runas falam desse ano? Com Maurício Ferreira.


Sem dúvida que tem muito mais... teremos Rodas de Cura xamânicas, danças, apresentações musicais. Então, nos vemos por lá?

Pietra

terça-feira, 20 de julho de 2010

Chá de Tarot - uma alteração

Pessoal, infelizmente aconteceu um lance de família e o nosso chá de tarot fica passado para a semana seguinte... Não é nada demais, mas para fazer as coisas bem, elas todas precisam ser feitas com calma.

Assim, ficamos às 16hs, no Parque da Aclimação, no dia 1 de agosto, domingo.

Desculpem, pessoal, mas espero que possamos nos ver, mesmo com uma semaninha de diferença =)

Bjokas
Pietra

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Eventos do segundo semestre de 2010

O segundo semestre de 2010 está bombando de eventos sobre Paganismo, Bruxaria, práticas mágicas, Reconstrucionismo e afins. E isso é muito bacana, porque as pessoas têm chance de ir, conhecer pessoas, trabalhos e lugares.

Além da VII Convenção de Bruxas e Magos de Paranapiacaba, que acontece nos dias 13, 14 e 15 de agosto, teremos outros eventos interessantes. De volta à Convenção, minha palestra vai ser dia 14 sobre os arcanos de tarot que vão reger o ano de 2012, uma vez que a data é o tema do encontro desse ano. Para saber mais sobre quem vai estar lá, onde ficar e mais informações, confira o site que a Casa de Bruxa montou.

A maioria das divulgações são de eventos que teremos trabalhos de Bruxaria Italiana e Cultura Helênica e que haverão palestras nossas, daqui do Stregheria Prática. Porém, um deles, é o I Encontro Brasileiro de Druidismo e Reconstrucionismo Celta

que acontece em novembro, dias 30 de outubro até 2 de novembro. Para saber mais sobre o evento, o local e as atividades (com gente muito competente!!!) visite o blog do Caer Ynis.


Em outubro, acontece a Mystic Fair Brasil. Um evento que começou na Espanha, é um encontro, uma grande feira de diferentes profissionais, terapeutas e praticantes de artes de cura, mistícas, esotéricas e afins. A feira é bem grande e as palestras e workshops serão gratuítas. O evento acontece nos dias 9 e 10 de outubro de 2o1o. Eu, Pietra, vou dar palestra, mas ainda não fechei o tema. Se alguém tiver sugestões, por favor, me deixem saber =) Para conhecer a feira e a programação, acesse: www.mysticfairbrasil.com.br

E por fim, teremos em novembro o I Festival de Paganismo, Magia e Cultura Grega. Acontece na Vila Mariana, em São Paulo, nos dias 6 e 7 de novembro. É um evento para promover o Paganismo voltado às práticas helênicas. Nesse evento Sarah Filhote de Lua vai falar sobre o movimento de Reconstrucionismo Grego feito aqui no Brasil e eu vou falar sobre o Oráculo de Delfos. O evento ainda não está com um site pronto, mas vc pode conhecer mais sobre o Mundo Faces da Lua no site do espaço.

Ufa... quando eu tiver mais novidades sobre isso tudo, eu conto por aqui!





terça-feira, 13 de julho de 2010

Vendo as pessoas nas cartas

Deck novo de tarot é uma delícia. Seja por coleção, seja para trabalho, é sempre muito gostoso aprender a se relacionar com essas novas imagens, com esse novo instrumento. Claro que se trata de uma versão do mesmo, do que é o tarot, mas a inspiração do autor do deck é o que me preenche de vontade de ir mais longe com os novos e revisitar os velhos.

Esses dias eu tive uma boa oportunidade de colocar o Gaian Tarot a serviço dos outros.

Eu vim tirando algumas cartas dele para mim e cada vez mais fico mais apaixonada pela visão de comunidade e de relacionamento com o meio e com a comunidade que ele tem.

Porém, quando um pessoal entrou em contato com ele, podemos ficar pensando em quem parece o que, qual carta mostra qual pessoa... e vimos uma num filhote de gamo, outra abraçando um lobo, eu dançando perto da fogueira...

E essa experiência foi muito legal e assim, eu deixo o convite: quem está bem retratado nos decks que vc usa, gosta ou coleciona?

O meu amor está certamente retratado no Mago, do Gaian Tarot...

Quer conhecer melhor esse baralho? Acesse: www.gaiantarot.com e não deixe de ver o blog da artista Joanna P. Colbert

sábado, 10 de julho de 2010

Chá de Tarot II

Pessoas, estive aqui pensando (que medo!).

Algumas pessoas se manifestaram favoravelmente a respeito do Chá de Tarot e eu fiquei bem feliz. Assim, fiquei pensando em como seria bacana. Acho que podemos fazer num domingo à tarde. E podemos nos encontrar em algum parque, como o Parque da Aclimação que é bem gostoso - e é perto do metrô, para quem não tem carro.

Pensei que poderíamos levar garrafas térmicas com água quente e bolos e fazer um piquenique para conversarmos sobre tarot, decks, autores, experiências, leituras e conhecer gente nova.

Assim, ficamos no dia 25 de julho lá pras 16hs.

O que vcs acham?

Pietra, tarosando

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Breve apanhado de leituras interessantes

Pessoal aqui do trabalho fica impressionado com a quantidade de coisas que leio. Minha média varia de dois a três livros por mês, mas esse fim de semestre pegou pesado e como agora eu sou uma feliz estudante de História passei junho lendo só xerox para faculdade. Isso vez com que eu tivesse várias leituras atrasadas e paradas no meio. Algumas delas valem ser compartilhadas:


- "História Antiga", de Paul Petit: esse eu precisei usar meio capítulo para um trabalho, mas acabei resolvendo ler inteiro. É um dos clássicos da pequisa sobre a História Antiga. É da década de 1960, e bastante coisa progrediu desde lá graças aos nossos amigos arqueólogos. Mas Petit lançou bases e teorias que seguiram para guiar o estudo da História Antiga. O que isso tem há ver com paganismo? Tudo, né? O estudo das sociedades feito por Petit inclui religião e mitologia. Eu ainda estou no começo, no capítulo sobre civilizações minóica e aqueia, e está sendo bem interessante.

- "Deuses Americanos", de Neil Gaiman: eu já falei desse livro aqui, quando li a versão em inglês, ano passado. Agora eu ganhei a versão em português, um achado que estava lá perdido na banca de jornal da faculdade. Com essa leitura estou vendo aspectos diferentes, descobrindo deuses que eu não tinha percebido no meio do enredo e pensando, novamente, como o Neil Gaiman fez uma obra que deveria ser lida por todos os neopagãos. Altamente recomendado!

- "O Queijo e os Vermes", de Carlo Ginzburg: esse é mais um da bibiliografia da faculdade. Ginzburg é um historiador especialista em inquisição. Ele tem trabalhos sobre os Benandanti e sobre a feitiçaria na Itália. Nesse livro ele tenta reconstruir o pensamento de um moleiro medieval que foi acusado como herege na inquisação italiana. Não fala de bruxaria, nem de feitiçaria, mas fala de cultura popular. A forma como ele tenta reconstruir o pensamento do Menocchio (o moleiro) também é bem interessante.

Agora que eu volto com a programação literária normal, provavelmente terei mais novidades de leituras para vocês.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Chá de Tarot

Pessoas de Sampa!

Estou aqui, com meus botões bruxos, pensando em fazer uma tarde, em julho agora, para nos encontrarmos num chá de tarot... Sim, para comermos bolo, tomarmos chá, trocarmos leituras de tarot e contar nossas novidades, decks novos, dicas de livros e coisas assim... O que acham?

Estou pensando em algum tempo entre o dia 13 ao dia 30 de julho.

Pietra, brainstorming