sexta-feira, 22 de maio de 2009

Santa Rita de Cássia


Ok, eu não sou católica. Mas como dizem que os Deuses falam com a gente através de velhinhas na rua, eu não pude deixar isso passar em branco.

Hoje uma senhora me parou e me disse: hoje é dia de Santa Rita. E perguntou se eu era católica. Eu disse que não, mas que agradecia pelo aviso.

Quando eu cheguei na escola, vim ver quem era essa santa e pelo que rezam a ela.
E achei curioso...

Santa Rita é uma santa italiana... ela passou bem apertado com o marido que teve, pois era alcólatra e violento. Mas, resignada a sua vida religiosa, Santa Rita foi ao convento e depois de vários milagres - principalmente de cura - tornou-se santa após a morte.

Ela intercede basicamente por causas impossíveis, mas vi que muitos rezam a ela por conta de problemas de família.


Fiquei com isso na cabeça... Estou num momento que estou buscando algumas coisas minhas, e uma parte disso está voltado às Deusas que vingam os crimes de família...

Pensei que preciso, talvez, cuidar da minha... fazer uma proteção ou mesmo, uma horação a eles todos os dias. É parte do meu trabalho como strega: zelar pelos meus.
Espero que Santa Rita esteja de olho nas coisas que eu preciso resolver que ilumine a minha família em paz e saúde, com a beleza de suas rosas milagrosas...

Não importa a casa... Divindade é divindade...

2 comentários:

IBERIA AETERNA disse...

Holla Strega! :)
Santa Rita é venerada em casa através de mi hermana, que mantém o culto nas nossas devoções. Rita é vista no culto sincrético que mantenho no Larário nosso, como manifestação iconográfica e mitopoética de Deusas como Kalaikia ( ou Cailleach ), a Ancestral do povo galego, Deusa do Frio e da Morte, que prepara o terreno para que Vida renasça, e Hécate, a Senhora Parteira e Coveira, que dá, tira e renova a Vida....

Rita visava antes de tudo a essência: o espírito! Rogou a Deus para que os filhos morressem se necessário fosse, mas que não cometessem um crime. É o símbolo da Mãe Ancestral que zela pelo nosso Ser mais essencial: o espiritual.

Baccio!

Pietra disse...

Nossa, querido, que coisa mais maravilhosa...

Sabe que pensar nisso me coloca bem no mood do inverno... e de como semente, a gente entra embaixo da terra...

Obrigada pelas informações!
Bjo