quinta-feira, 1 de maio de 2008

Maio


Praticamente meio ano se foi...

Em São Paulo, estamos tomadas por um frio da chegada do Inverno.

É agora que sabemos que Koré desceu ao Hades e que Deméter está um tanto mais triste e mesmo que Hélios esteja conosco, a terra está fria. Sinto que estamos já recolhendo nossas nozes para o inverno que vem vindo. Começando a guardar o vinho e pensar nas carnes que, com sorte e alegria, assaremos pelos amigos. Começam a sair dos armários os casacos, gorros e cachecóis.

E nesse clima frio, quase triste, é que honramos a passagem de Koré a Perséfone. E com a Deusa iniciam-se os movimentos para dentro e fora do Hades... a vida e a morte nas mãos da rainha dos lírios. Como na nossa vida estamos constantemente matando coisas, reconstruindo, refazendo e criando, honramos Perséfone. E olhando para o crescimento da Deusa nos vemos. Em nosso crescimento... E em nos assumirmos... deixamos de ser meninas. Para sermos rainhas!
Louvada seja, A Pura.

Imagem e frase da Thalia Took: "Eu fui jovem um dia. Agora os mortos vem a mim e eu sou Rainha".

2 comentários:

Rose disse...

Lindo texto Pietra! Adorei!
Bjs,
Rose

Inês Raven disse...

"Como na nossa vida estamos constantemente matando coisas"

Eu acho que todos os dias a gente ingere um pouco de morte com cada pedaço de comida. Mas nessa época eu penso muito em morte e em transformações.