segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Tarde de Palestras, Ritos Lunares

Mais uma vez, tive a graça de estar junto com outras pessoas para falar sobre práticas. E, em agosto, o foco foi a lua. Linda roda de prata do céu... pastora de estrelas...

Selene gloriosa!

O gostoso de tudo isso foi ter a chance de iniciar a minha fala como uma pequena abertura da tarde, e assim, além de me reportar um tanto junto a todas as lunações, pude dar tb um panorama das deidades lunares e seus entendimentos, tanto na Grécia quanto em Roma... e como é bonito perceber que algumas deidades se tornam totalmente diferentes, como Diana o é de Ártemis (que foi meu foco de lua nova) e outras são as mesmas, como Luna e Selene, o corpo lunar.

Minha linha de pensamento foi que, conhecendo bem Ártemis podemos ter uma idéia mt legal de como trabalhar a lua nova... Da alegria de Ártemis, a jovem até suas máscaras que escondem um tanto do mistério, mas que nos deixa atentos durante todo o mês, pois a vemos desenvolvendo-se no céu.

Lua nova é momento de sorrir. De brincar... de fazer os recortes do que queremos num âmbito maior e investir.

Falamos tb um tanto sobre o arcano 18 e como alguns têm sim medo da Lua no tarot... e que isso é parte Dela, do seu ser... nem todos entendem a Lua... e nem sempre suas deidades são as mais simples, mas com certeza, muito profundas... que nos dão parte da profundadidade que este arcano tem... e aí fazemos nossa escolha de enveredar os mistérios andando na noite, ou de dormir e de sonhar como Edymion.

Por fim, na lua nova tiramos nossos arcanos guia para conhecer nosso caminho e nossa postura no mês... e como é bonito ver uma história se desenrolando a medida que a lua se mostra mais... e menos.

3 comentários:

Tenda de Umbanda disse...

Eu só queria dizer uma coisa bem bobinha, mas que me fez lembrar muito de algumas coisa que aprendi com vc, Pietra: Anteontem, no céu, eu a vi, novinha em folha a despontar nos primeiros horários de anoitecer e ela... advinha?! Sorriu pra mim =^_^=

Pietra disse...

Que lindo, né?

Eu tentei até fotografar, sabia?
Bjoka

Pietra disse...

Que lindo, né?

Eu tentei até fotografar, sabia?
Bjoka