terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Com outras culturas


Sarah e eu fomos na festa de ano novo chinês no bairro da Liberdade, SP. Fazia anos que eu estava curiosa com a coisa toda, dos dragões, leões e alfaces. 
A experiência foi deliciosa pq além de conhecer algumas coisas novas, tive o guia abalisado de minha amada filha de Leto... ou seja, ela me explicou coisas como se eu tivesse 5 anos... 
Mas quando embarcamos numa cultura nova precisamos de um pouco desse guia, dessa "tradução" de símbolos e valores. Embora algumas coisas possamos entender, outras definitivamente são estrangeiras.
Entre os orientais eu descobri que rato não é uma coisa tão absurda assim. Ele traz ganhos pela honestidade, mas gosta sim de um joguinho. 
Descobri que a alface (a escolhida por Hera para conceber Hebe) é um símbolo de fartura. E com ela alimentamos um leão. Leão esse que brinca com as pessoas e aquelas que são mordidas, se tornam afortunadas, pois de alguma forma, ganham o toque do animal.
Claro que amamos polenta. Claro que amamos os nossos Deuses. Claro que os honramos até embaixo de chuva. Mas tb como é gostoso qdo nossos pés nos levam às terras dos outros e podemos conhecer mais coisas e nos maravilhar com alfaces, ratos e leões.
Entender uma cultura é ver outros jeitos de fazer a mesma coisa: desejar saúde, fartura e felicidade!
XI NIAM KAUI LE!

Um comentário:

Diana disse...

Que delícia Pietra! Eu tb gosto de conhecer novas culturas, e acredito q está tb acaba sendo uma forma de, não só aprender mais, mas tb aprender mais sobre povos e culturas com as quais dividimos este nosso planetinha querido! bjs