segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Meditação de Ceres

Ceres é a Deusa romana da colheita. Seu culto foi sincretizado com o da grega Deméter e, depois de um tempo, ambas passaram a ser a mesma divindade. Ela é a deusa do trigo, da colheita, do trabalho na terra. E, acima de tudo, ela é a deusa do alimento. Ceres ensinou os homens a plantar e a fazer o pão.

Esta meditação, proposta pela artista plástica Thalia Took em seus trabalho com Ceres, nos fala exatamente sobre isso: qual seu tempo de colher? Quem ou o quê você vai alimentar com o trigo colhido?

"Fazer o pão é um processo alquímico; o trigo é colhido do solo, então é misturado com os ingredientes certos nas medidas apropriadas, amassado, deixado sozinho por algum tempo, e só então vai ser assado - com uma temperatura apropriada. Esta meditação questiona: o que na sua vida precisa ser cortado e o que você pode fazer com isso?

Imagine que você está em um campo repleto de trigo dourado, que balançam com a brisa do verão. O vale em que ele cresce tem um nome: qual é? Isso te mostrará em que parte da sua vida ele está localizado.

Você anda pelo campo até encontrar um único trigo que está pronto para ser cortado. Você o faz, e agradece por ter feito parte de sua vida. Como ele se chama? O que você fará dele? Você fará pão, ou plantará algo no lugar? Quem você vai alimentar com ele?"

2 comentários:

Semente Sagrada disse...

A mão que segura a foice

Separar, deixar seguir viagem sempre foram sentimentos que atormentaram a alma humana. É como abrir o guarda-roupa para uma limpeza periódica e deparar-se com aquela calça jeans "das antigas".

Por algum motivo nós a guardamos sem mesmo nunca cogitarmos usa-la novamente. No momento da execução do ato de manda-la embora, algo se perde dentro da gente, nasce um vazio. Mas se o fizermos pelo motivo certo, deste espaço abre-se a possibilidade de surgir o novo.

Viu só o que Ceres e seu texto inspiram? Rs! Abençoada Seja!

Inês Raven disse...

Meu texto não, da Thalia... hehe
Beijos e obrigada pela visita! :)