terça-feira, 15 de julho de 2008

Livro das Sombras da Dani Sales

A primeira a participar da nossa campanha e contar sua experiência com Livros das Sombras foi a Dani Sales, bruxa verde dona do blog Mulher Verde . O legal da experiência da Dani é que ela mantém vários cadernos, cada um com um tema.

Aí vai a o texto explicando tudo. E a foto do principal BOS, o de receitas.
___________________


"Preciso confessar que sou a louca do BOS (rs). Eu tenho vários, um para cada finalidade.

Meu primeiro BOS foi um caderno com o Ursinho Pooh (que na minha época se chamava Puff mesmo) e meus primeiros registros foram trechos do livro da Laurie Cabot, “O Poder da Bruxa”. Nele comecei a colocar orações para a Deusa que eu achava bonitas e também os escritos relacionados ao curso de Afrodite que fiz com a Patricia e a Soraya. Chamo de “Caderno da Deusa”, pois lá há várias informações sobre Ela e suas faces.

Tem também o BOS herbal, em que eu anoto tudo relacionado a herbalismo mágico, usos terapêuticos de ervas etc. Ele é um caderno pequeno, com flores na capa, e já está acabando. Então eu comprei um outro caderno igual para dar continuidade ao BOS herbal, mas ele sumiu (rs). Agora eu uso um caderno com umas folhas verdes na capa e papel reciclado.

Tenho também um caderno laranja só para o assunto “espiritualidade feminina”. Ele começou quando tinha aulas sobre o assunto com Bia Nathus Dea, mas que infelizmente foram interrompidas depois de um mês. Lá também tem coisas sobre menstruação e magia lunar.

O diário menstrual que a Luciana Galli fez para mim abriga meus escritos em épocas de lua. Um outro, que ganhei na reconsagração do ventre, aguarda para começar a ser escrito assim que o que a Lu fez acabar.

Também há os diários, em que anoto sobre os passeios com a família, os problemas, os anseios...

Outro dia fui procurar um caderno para fazer meu art journal (que eu considero mais um BOS). Achei um (ou ele me achou) com capa preta e, em letras garrafais, escrito “Be Yourself”. Nada mais apropriado!

Ah, e o BOS “oficial” é um caderno lindo que a Teresa Modro fez (e cuja capa eu fotografei). Nele eu só coloco feitiços, como se fosse um “livro de receitas”. Tudo nele é anotado à mão, ao contrário dos meus outros BOS, que têm neles minha letra e bastante papel colado. Sempre penso que, no futuro, quando eu morrer, esse livro será do meu filho. Por isso capricho na seleção dos feitiços e na letra. Afinal, é um legado."

3 comentários:

Pietra disse...

Nossa, Dani... que coisa mais linda... Eu adoro escrever e acho que isso tudo que vc faz é inestimável. Lindo tb que as amigas compartilham com vc, e te fizeram o suporte.

Parabéns!

Iony disse...

Nossa q lindo!!!!!Ok, vou criar vergonha...ja sei sei, ja sei, ja to indo.......

anfibia disse...

dani, parabéns, lindíssimo!!!